New Brunswick e Quebec no Canadá: Saiba como é morar nestas províncias

8 motivos que nos fizeram morar em New Brunswick

3 5.079

Somos imigrantes de carteirinha! Decidimos nos mudar do Brasil em 2014, logo em janeiro de 2015 estávamos morando em Orlando, na Flórida. Após dois anos e meio, decidimos que era hora de mudar e começar uma nova aventura. E aqui chegamos em junho de 2017. Atualmente estamos morando na pequena cidade de Bathurst (12 mil hab) e neste post vamos contar um pouquinho de alguns dos motivos que nos fizeram escolher a Província de New Brunswick para iniciarmos esta nova etapa de nossas vidas. Confere aí:

#1 Custo de vida

A primeira coisa que você precisa levar em conta quando vai mudar de país, ou mesmo de cidade, é o custo de vida da família. Assim, é possível se planejar no sentido de trabalho e renda e definir quanto será preciso mensalmente para que as contas fiquem em dia. O custo de vida da Província de New Brunswick é relativamente baixo (se comparar especialmente o custo do aluguel), bem diferente da região de Montreal, Toronto ou Vancouver, os destinos mais procurados pelos brasileiros nos últimos anos.

Então para se ter uma ideia, considerando as contas básicas mensais de uma família de 4 pessoas, como: aluguel, luz, água, internet, combustível do carro, comida e faculdade (em média $700), você vai desembolsar mensalmente de $3.500 a $4.500 dólares canadenses (para 4 pessoas), dependendo, é claro, do padrão de vida que você pretende manter aqui. Caso precise pagar baby care para crianças com menos de 5 anos, pode adicionar $800 mensais (também em média – isso pode variar de cidade para cidade). Em Orlando, era mais ou menos este o nosso custo mensal para viver bem, mas daí em dólar americano. Ah, isso sem contar o custo de mudança, que envolve a compra de móveis, automóveis, utensílios, etc…

Bathurst_city

#2 Educação de qualidade

O Canadá foi reconhecido como uma superpotência em educação e desta forma está atraindo muitos brasileiros.

Segundo a agência canadense de imigração, refúgio e cidadania (CIC), 92,4 mil brasileiros pediram permissão para residir temporariamente no Canadá entre janeiro e setembro de 2016, e quase 90% das solicitações foram aprovadas.

(Fonte: BBC) 

De fato, o Canadá é uma opção excelente para quem busca estudar e continuar sua carreira, pois é o país das oportunidades.

Na mais recente rodada de exames do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, entidade que reúne países desenvolvidos), o Canadá ficou entre os dez melhores países em matemática, ciências e interpretação de texto.

As provas são o maior estudo internacional de desempenho escolar e mostram que os jovens do Canadá estão entre os mais bem educados do mundo.

Eles estão muito à frente de vizinhos como os Estados Unidos e de países europeus com quem têm laços culturais, como o Reino Unido e a França.

O Canadá também tem a maior proporção de adultos em idade produtiva com educação superior – 55%, em comparação com uma média de 35% de países da OCDE.

Os filhos das famílias de imigrantes recém-chegados se integram em um ritmo rápido o suficiente para ter o mesmo desempenho de seus colegas de classe.

(Fonte: BBC)

Foi este um dos principais motivos que nos fez imigrar para o Canadá, pois como temos duas filhas, pensar no futuro delas é de fato uma grande preocupação.

Como New Brunswick é a única província onalmente bilingue (inglês e francês) existe o Distrito Escolar Anglofono e o Distrito Escolar Francofono.

Atualmente, nossa filha mais velha estuda na segunda série de uma escola do Distrito Francofono, ou seja, é tudo em francês. Ela fez o prezinho (kindergarden) e a primeira série (first grade) nos Estados Unidos, e agora ela está aprendendo francês.

Pode parecer bem difícil esta experiência para ela, mas confesso que ela está indo super bem, já lê em inglês, português e, agora, em francês. De fato, aprender uma língua enquanto criança é muito mais fácil do que depois de grande.

Eu faço francês na CCNB – Collège Communautaire du Nouveau-Brunswick, amo de paixão minha professora e todos da administração do Centro de Línguas. A vantagem de uma cidade pequena, é você ser chamado pelo nome e as pessoas se compromenterem a te ajudar no que você precisar.

IMG_1989

Segue a lista das universidades e faculdades de New Brunswick:

Universidades

Faculdades

 Student Thinking Open Books, Pondering Girl in Glasses Learning

#3 Saúde

Como morávamos antes nos Estados Unidos, um dos pontos que nos preocupava muito a saúde. Lá, para residentes temporários, não existem muitas alternativas, somente os planos privados, seguros saúde ou particular. Para casos simples, existem médicos em farmácias e em clínicas Walk-in, mas para situações mais graves, é necessário ir até o hospital. E segundo amigos, os custos são altíssimos, às vezes $30 mil dólares ou ainda mais, por problemas não tão graves. Então, de fato, ter um sistema de saúde efetivo, mas também acessível, era um de nossos objetivos.

O Medicare é o sistema de saúde da província. Assim que você recebe a carteirinha, passa a poder utilizar todas as clínicas a hospitais sem custo, apenas pagando pelos medicamentos. Realmente, foi uma grande diferença entre os Estados Unidos e o Canadá.

CdifYLjVAAEXZLk

 #4 Cidade pequena

Decidimos iniciar nossa vida no Canadá em uma cidade bem pequena, Bathurst , que fica localizada a 10 minutos da belíssima praia de Youghall Beach, que atrai todos os anos muitos turistas vindos da Província de Quebec, Ontario e, também, de países da Europa. Quando chegamos fomos muito bem recebidos pelas pessoas daqui. E é verdade quando dizem que o canadense é um povo muito acolhedor, fazem de tudo para te ajudar e te incluir na comunidade. Logo nos sentimos literalmente em casa!

Bathurst_LDD_0521_HDR

#5 Francês como diferencial

A oportunidade da imersão em francês é uma das grandes vantagens da região leste da Província de New Brunswick, uma boa parte da população são Acadians, descentes dos franceses de Acadia.

A faculdade CCNB e a Université de Moncton (campus Shippagan) são as duas únicas instituições designadas pelo Governo Canadense a oferecer o curso de francês para estudantes internacionais. E é uma excelente oportunidade para brasileiros que não falam inglês e querem iniciar logo sua vida no Canadá.

Por que escolhemos Bathurst e não Shippagan?

Mesmo sendo pequena, Bathurst tem 13 mil habitantes e, também, pessoas que falam inglês, uma maneira mais fácil de encontrar trabalho até estarmos bem com o francês. E Shippagan tem um pouco mais de 2 mil habitantes, e 98% da população fala francês.

Então se você está pensando em vir ao Canadá com o visto de estudante, e fazer um curso de línguas para conseguir um bom nível para aplicar ao processo de residente permanente, eu sugiro também levar em consideração estudar o francês. Considerando minha experiência com as duas línguas, falo inglês e aprendo francês, levei muito mais tempo (anos) para chegar ao nível intermediário do inglês e em quatro meses alcancei o mesmo nível do francês, sem nunca ter estudado antes.

Sem contar que, se no futuro, você quiser um dia trabalhar no governo canadense, obrigatoriamente você deverá falar inglês e francês.

parlez-vous-francais

#6 Processo de imigração

Existem 6 processos de imigração disponíveis no website do governo de New Brunswick, e o mais recente foi lançado em março de 2017, que é o Atlantic Immigration Pilot Project e oferece muitas vantagens até mesmo para aquelas pessoas que não tem graduação, e sim experiência profissional qualificada em ramos como gastronomia, hotelaria, serviços gerais. Em breve vamos falar com mais detalhes de cada um.

Canada-NB-Map

#7 Proximidade do litoral

Como viemos de uma cidade litorânea de Santa Catarina, e na Flórida estivemos pertinho das praias tanto do Atlântico como do Pacífico, estar perto do litoral é uma vantagem, mesmo sabendo que aqui a água é, digamos, geladinha…

Como chegamos em junho, aproveitamos a praia até agosto, com temperaturas até 35 graus. As paisagens canadenses são realmente de tirar o fôlego, parecem cartões postais. O verão tem seu charme, pelo verde e muitas flores de todas as cores (os canadenses adoram cuidar dos jardins e fazem horta com todos os tipos de vegetais), nós também nos aventuramos a criar nossa própria hortinha. Foi uma excelente atividade em família.

DSC09169

#8 Oportunidades

Antes de nos mudarmos, pensamos muito em ir para Ontario ou mesmo British Columbia, mas após a indicação de Bathurst por uma amiga, reavaliamos e percebemos que províncias ainda não tão conhecidas pelos imigrantes são, de fato, uma grande oportunidade de crescimento. O governo tem diversos programas de incentivos a empreendedores que desejam iniciar seus negócios aqui, então como somos empresários, isso também foi uma das vantanges que nos fez considerar New Brunswick como a nossa nova casa.

 

3 Comentários
  1. Erico Diz

    Primeiramente agradeço por compartilhar essas experiências.
    Veja se pode me esclarecer uma coisa que não ficou clara.

    A escola similar a educação infantil e fundamental no Brasil, eh pago em New Brunswick?

    1. Bianca Lincks Diz

      Olá Erico, não é pago não!

  2. Aldine Diz

    Muito inspirador…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.